Como ajudar os adolescentes a descobrirem as suas vocações profissionais?

Um dos grandes desafios da adolescência é encontrar as vocações profissionais. Com o encerramento do Ensino Médio, surge a necessidade de definir uma profissão a seguir, o que nem sempre é algo tranquilo para os jovens. Assim, é fundamental que a família saiba como oferecer auxílio nesse momento tão importante para o filho.

Os pais podem ajudar o adolescente a compreender melhor os seus interesses e a encontrar a profissão que mais tem a ver com o seu perfil. No entanto, é necessário ter muito cuidado para que a interferência não afete a escolha e torne-se prejudicial.

Neste post, apresentaremos dicas para a família apoiar e contribuir para o momento da decisão do adolescente sobre o seu futuro profissional. Boa leitura!

Mantenha um diálogo aberto sobre o futuro profissional

Nesse período de dúvida, o jovem provavelmente terá a necessidade de conversar sobre as suas inseguranças e dificuldades. Assim, os pais precisam manter o diálogo aberto e acolher o filho em seus desafios, sem minimizar o problema. A empatia é fundamental para construir uma ponte com o adolescente e orientá-lo da melhor maneira.

A família precisa oferecer suporte nos momentos de ansiedade e mostrar que essa escolha não precisa ser definitiva. Fale sobre como é possível corrigir os rumos se não fizer mais sentido e mostre exemplos próximos de pessoas que mudaram de carreira. Isso ajuda a tranquilizar o adolescente da pressão.

Similarmente, é comum que o assunto seja recorrente e torne-se a principal demanda naquele momento. É importante ter paciência para lidar com as repetições e ajudar o seu filho a organizar os pensamentos. Uma dica é sugerir que ele coloque em um papel as suas dúvidas e os sentimentos para conseguir visualiza-los melhor.

Da mesma forma, a família também pode recomendar ao jovem escrever os seus interesses e as habilidades para, posteriormente, tentar fazer o cruzamento com as áreas de atuação possíveis. É primordial transmitir tranquilidade e confiança, sem menosprezar a angústia que ele está sentindo.

Estimule atividades que desenvolvam o autoconhecimento

Para identificar os gostos e as tendências, é preciso que o jovem tenha a oportunidade de experimentar vivências diversas. Isso é importante em toda a sua trajetória escolar, pois permite aprender mais sobre si mesmo e sobre o mundo.

Assim, atividades extracurriculares diversas são excelentes para estimular a descoberta das afinidades profissionais. Uma boa maneira de garantir essas experiências é contando com uma escola que já tenha projetos assim em seu currículo. Algumas alternativas são: esportes, Artes, aprendizagem tecnológica, idiomas, entre outras.

Do mesmo modo, é relevante destacar que as atividades extracurriculares, além de ajudarem na descoberta das afinidades, também têm um papel essencial para a construção de uma carreira de sucesso. Isso porque elas despertam habilidades importantes, como a sociabilidade, a criatividade e a liderança. Similarmente, incentivam o desenvolvimento cognitivo e possibilitam novas aprendizagens, o que beneficia o aspecto intelectual.

Ajude a associar as características às vocações profissionais

Quando o seu filho tem a oportunidade de fazer atividades diferentes, ele descobre mais sobre o que traz satisfação e acerca do que pode se transformar em profissão. Dessa forma, os pais podem ajudar a relacionar os principais hobbies com as diferentes carreiras. Com isso, há uma pista de possíveis áreas de atuação.

Primeiramente, é necessário observar como aquela atividade que é tão prazerosa pode se tornar uma fonte de renda e possibilitar uma carreira bem-sucedida. Além dos passatempos, outra maneira de encontrar as afinidades é avaliando as características do jovem e como elas se alinham com as vocações profissionais.

Nesse sentido, é importante ter em mente que esse processo é individual e precisa ser respeitado. O adolescente pode, por exemplo, ter ótimas habilidades artísticas e, ainda assim, desejar trabalhar em uma área totalmente diferente. O papel dos pais é ajudar na descoberta e orientar, mas sem impor a decisão que acham melhor.

Incentive a pesquisa sobre as profissões

Os pais ajudam muito a descobrir novas profissões, afinal, é possível que haja áreas de interesse que o jovem sequer sabe que existem. Essa dica vale especialmente para o momento atual, em que surgem muitas novas profissões que são promissoras e estão alinhadas com os interesses dessa geração.

Assim, com as afinidades mais bem delimitadas, vocês podem, juntos, pesquisar sobre os cursos, as profissões e as instituições de ensino. É preciso conversar com o adolescente sobre a diferença entre vocação profissional, formação superior e carreira profissional, para ele saber mais claramente como se orientar.

Um bom caminho é participar de feiras e mostras profissionais, em que se tem contato com diferentes áreas, suas possibilidades de atuação e também com a experiência acadêmica. Pela mesma razão, visitas às instituições de Ensino Superior e a espaços de formação em geral são excelentes para conhecer melhor as alternativas e as suas particularidades.

Possibilite que ele faça uma orientação vocacional

Por fim, pode ser necessário haver um acompanhamento profissional para que a escolha seja feita conscientemente. Nesse caso, o teste vocacional é uma alternativa mais rápida e que ajuda a conhecer mais sobre as profissões que têm a ver com o perfil do jovem. É comum que a escola ofereça essa ferramenta, mas a família também pode buscar um psicólogo para ajudar.

No entanto, existe uma alternativa mais completa, que ajuda no autoconhecimento e na descoberta do mercado de trabalho. Trata-se da orientação vocacional, que é um acompanhamento mais demorado, mas que é mais completo. Ela, além de ajudar na escolha da profissão, também apresenta caminhos para a construção da carreira.

Efetivamente, se sentir a necessidade, viabilize que ele faça a orientação vocacional com um profissional qualificado. Isso trará muitos benefícios ao adolescente, como a segurança com a decisão e a tranquilidade para lidar com os processos de preparação para iniciar a vida profissional. Mas tenha em mente que isso não substitui a necessidade de conversas e de um apoio constante dos pais.

Em suma, a participação dos pais é essencial na descoberta das vocações profissionais. Eles podem encorajar o autoconhecimento e apresentar possibilidades para a carreira, além de mostrarem apoio durante os momentos de ansiedade. Assim, mostre ao seu filho que, independentemente da escolha que fizer, sempre poderá contar com a família.

O próximo passo é estudar para os processos seletivos. Então, saiba como os pais podem ajudar os filhos na preparação para o vestibular.

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.