Como os pais podem ajudar os filhos na preparação para o vestibular?

O período de preparação para o vestibular é bastante desafiador para os jovens. Nessa fase, eles experimentam incertezas e medos que podem prejudicar os resultados dos seus esforços. Por isso, contar com o apoio dos pais é muito importante para tornar esse momento mais tranquilo.

Para ajudar, não é preciso conhecer todas as matérias que caem nas provas, já que o acolhimento é uma excelente forma de transmitir segurança e motivação. Existem muitas maneiras práticas de colaborar para os estudos e que podem fazer parte da rotina da família enquanto os exames acontecem.

Neste post, mostraremos algumas dicas de como os pais podem participar da preparação para o vestibular dos filhos e contribuir para o amadurecimento dos jovens. Boa leitura!

Tenha atenção com as cobranças

Para motivar os filhos, é preciso encontrar o delicado equilíbrio entre incentivar o afinco e respeitar o tempo deles. Isso é importante porque o período de preparação para o vestibular exige muita dedicação. No entanto, uma cobrança intensa pode gerar ansiedade e atrapalhar o adolescente.

Da mesma forma, é importante ter cuidado ao colocar muitas expectativas em relação ao desempenho que o estudante terá nos exames. Se os pais tiverem certeza de que a aprovação virá, o filho pode se sentir inseguro e com medo de errar, pois terá a sensação de que a falha decepcionará a família.

As comparações, nesse momento, também não são interessantes. É ótimo compartilhar as próprias experiências ou contar histórias de outras pessoas e as suas estratégias de estudos — isso pode trazer novas ideias e ajudar no processo. Porém, é necessário compreender que cada um tem o próprio ritmo e uma forma de estudar, o que precisa ser respeitado.

A recomendação é mostrar que essa é uma passagem importante na vida e que pode interferir no futuro, mas que, independentemente do resultado, será possível construir uma boa carreira e ele contará com o apoio dos pais. O acolhimento é essencial para trazer segurança para lidar com os estudos com mais tranquilidade, o que se reflete no momento das avaliações.

Mostre disposição para ajudar com as dúvidas

Como mencionamos, a disposição para ajudar o seu filho com as dificuldades é muito importante, pois mostra uma relação de parceria e de apoio nessa jornada. Não é necessário saber as respostas para as questões, mas uma alternativa é vocês procurarem juntos por materiais que ajudem na compreensão.

Na internet, existe uma infinidade de aulas sobre temas recorrentes nos grandes vestibulares, o que é uma vantagem para os momentos de estudos. Por outro lado, essa abundância de conteúdos pode gerar uma confusão na cabeça do adolescente, que não consegue filtrar o que, de fato, contribui para a sua aprendizagem. Assim, é interessante que os pais ajudem na seleção de bons materiais para sanar as dúvidas que surgirem.

Além disso, incentivar o treino das redações e fazer sempre uma leitura cuidadosa é ótimo para ajudar na escrita, que costuma ser um desafio dessa preparação. É importante dar um retorno com sinceridade para ajudar o seu filho a evoluir, mas sempre com uma comunicação empática e compreensiva.

Ajude o seu filho a construir um cronograma de estudos

A constância nos estudos é muito importante para alcançar bons resultados e conseguir manter o foco na meta. Para isso, é preciso criar um cronograma. Os pais podem conversar com o filho e combinar uma rotina com horários marcados. Dessa maneira, o jovem assume um compromisso com as tarefas e a família também evita gerar distrações.

A organização dos horários é importante não apenas para a aprovação no vestibular, mas também para a preparação para a vida acadêmica, que demanda muitos estudos complexos. A dica é que vocês analisem qual é o conteúdo a ser estudado e o dividam pelo prazo disponível. É bom deixar uma folga no cronograma para imprevistos que surgirem.

Isso significa que, por um período, será necessário abrir mão de certas atividades em nome do objetivo. Porém, o cronograma pode ter a flexibilidade para abarcar os dias em que não for possível estudar. Garantam um ambiente tranquilo e propício para a concentração, mas considerem que nem sempre tudo estará em plena ordem.

Incentive uma rotina saudável

Assim como o cronograma de estudos é importante e precisa ser respeitado, os cuidados com o corpo devem ser preservados. É comum que os estudantes estejam tão focados em absorver todo o conhecimento possível a ponto de deixarem de lado a boa alimentação, as atividades físicas e os momentos de lazer.

Dessa maneira, é essencial que os pais ajudem, propondo momentos para a distração, refeições regulares saudáveis e atividades físicas. Caso haja alguma resistência do jovem, mostre como isso é necessário para conseguir bons resultados com as matérias, afinal, um cérebro esgotado não é capaz de se concentrar nos estudos. O foco é necessário, mas o período precisa ser vivido com saúde.

Respeite a escolha do seu filho

Além do medo de não ter a aprovação no processo seletivo, é possível que o seu filho também tenha inseguranças sobre a escolha do curso. Se esse for o caso, a conversa é sempre um bom caminho para ajudar a trazer mais clareza. A família pode optar por uma orientação vocacional, por um acompanhamento psicológico, por feiras de profissões e por outros recursos que ajudam na decisão.

Vale destacar que a escolha é sempre do jovem, por isso, é importante evitar as tentativas de induzir a opção por determinada profissão. Esse é um momento em que o seu filho precisará de muito apoio, respeito e compreensão.

Vocês podem, juntos, pesquisar mais sobre as áreas de interesse, procurar profissionais que já atuem naquele campo para contarem mais sobre a rotina, além de conhecerem mais sobre as universidades que oferecem o curso pretendido. Os adultos devem transmitir confiança.

Em suma, os pais têm um importante papel na preparação para o vestibular dos filhos, pois eles oferecem o apoio necessário para passar por esse período com confiança, saúde e tranquilidade. Observe as dicas destacadas neste texto e avalie quais podem ser incorporadas na rotina da sua família.

Quer saber mais sobre como colaborar para o momento da escolha da carreira do adolescente? Confira como ajudar o seu filho a escolher a profissão ideal.

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.