Por que matricular seu filho em uma escola com educação inovadora?

Oferecer aos filhos uma educação inovadora é uma ótima maneira de garantir o desenvolvimento pleno deles e sua preparação para o futuro. Nesse sentido, a exploração da tecnologia é importante, mas não é a única forma de inovar no processo de ensino-aprendizagem.

Como as mudanças em nossa sociedade têm sido rápidas, contar com uma escola que acompanhe esse processo é fundamental para que os estudantes se tornem adultos aptos a lidar com as demandas pessoais e profissionais que surgirem.

Neste post, mostraremos o que é a educação inovadora e quais são os benefícios oferecidos aos estudantes. Continue a leitura para conferir!

O que é a educação inovadora?

O conceito de educação inovadora engloba diferentes métodos e visões que têm em comum o objetivo de mudar os rumos da educação tradicional. Isso é feito com base em observações das necessidades da sociedade, dos estudantes e dos educadores.

Para que uma escola seja inovadora, não é preciso que suas práticas sejam totalmente diferentes das instituições tradicionais. Contar com algumas metodologias e projetos que incentivem outras formas de ensino-aprendizagem já configuram um caráter inovador.

O importante é que a escola busque maneiras de implementar melhorias em sua rotina, o que depende das características de cada instituição. Com isso, o ambiente se torna mais estimulante e propício ao desenvolvimento integral das potencialidades dos estudantes.

Quais são as práticas de inovação nas escolas?

Como vimos, existem muitas possibilidades de inovação na educação. Confira alguns exemplos de iniciativas que renovam o processo de ensino-aprendizagem e que podem ser consideradas na hora de escolher a melhor escola para matricular seu filho.

Uso de tecnologia

A presença da tecnologia na educação é um ponto importante da inovação. Contar com equipamentos modernos e ensinar os estudantes a dominarem essas ferramentas é uma maneira de incentivar o desenvolvimento de habilidades essenciais para o futuro. Alguns dos cursos que podem ser oferecidos são robótica e programação.

Porém, não basta ter uma infraestrutura tecnológica, também é preciso que seja feito bom uso desses recursos. Por isso, a instituição deve compreender quais são as alternativas que fazem sentido para a sua rotina e explorar de forma eficiente as ferramentas que tiver à disposição.

Desenvolvimento das habilidades socioemocionais

Tão importante quanto a aprendizagem cognitiva é o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Com esse estímulo, os estudantes aprendem sobre autoconhecimento, autogerenciamento, relacionamento com os pares e consciência social.

São características muito valorizadas no mercado de trabalho e que ajudam a ter destaque. A escola, como a primeira experiência de responsabilidade e de convivência em grupo fora do âmbito familiar, é um local importante para desenvolver essas habilidades.

Incentivo ao empreendedorismo

O empreendedorismo também é uma habilidade em alta, que pode ser desenvolvida ainda na educação básica. Isso envolve solucionar problemas, assumir uma postura proativa e identificar as melhores oportunidades.

Existem muitas iniciativas que podem ser realizadas pela escola para favorecer o empreendedorismo dos alunos. Um exemplo é o projeto Miniempresa do Colégio Franco-Brasileiro com parceiros, que permite a experiência prática de uma organização empresarial ainda no Ensino Médio.

Preparação para o mercado de trabalho

A preparação para o futuro dos estudantes na escola é fundamental. Assim, contar com programas de incentivo e orientação para processos seletivos das universidades e para o mercado de trabalho é necessário nas escolas.

Nesse sentido, encorajar experiências práticas, como a cultura maker, promover o aprendizado de idiomas e contar com oficinas e mostras de profissões são exemplos de projetos escolares que trazem ótimos resultados para os estudantes.

Quais são os benefícios desse processo de ensino-aprendizagem?

Uma educação inovadora tende a ser mais atraente para os estudantes e os ajuda a superar algumas dificuldades do ensino. Com isso, oferece benefícios significativos. Conheça alguns deles.

Desenvolve o pensamento crítico

O pensamento crítico e científico é essencial, pois permite avaliar as situações de maneira mais ampla e complexa. Esse olhar reflexivo é fundamental para a tomada de decisões mais consciente, equilibrada e assertiva.

Isso é importante no mundo moderno, uma vez que o excesso de informações pode ser um problema se não houver a habilidade de análise cuidadosa. Da mesma maneira, é necessário pensar criticamente para defender as próprias ideias, sem manter a mente fechada para novos conhecimentos.

Estimula a criatividade

As metodologias e abordagens de ensino inovadoras tendem a considerar o aluno como protagonista em seu processo de aprendizagem. Assim, promovem experiências mais práticas e autônomas, além de explorarem diversos recursos pedagógicos que podem contribuir com os objetivos. Com isso, existe um estímulo à criatividade, uma habilidade fundamental para ter bom desempenho escolar, além de aumentar as chances de obter sucesso no futuro.

De acordo com um estudo realizado pela Fundacion Botín, da Espanha, o ensino das artes aumenta em 17,6% as possibilidades de ingressar no ensino superior e conseguir melhores trabalhos, além de reduzir em 10% os riscos do desemprego. A fundação associa esse resultado ao estímulo da criatividade que acontece nesse tipo de atividade.

Incentiva a resolução de problemas

Nas propostas inovadoras na educação, os estudantes aprendem a pensar de maneira mais complexa e a solucionarem problemas. Nesse contexto, adquirem a habilidade de lidar com as adversidades e propor soluções plausíveis.

O estímulo à resolução de problemas beneficia o cotidiano dos estudantes, pois eles adquirem o foco na solução quando estão diante de um desafio. Além disso, incentiva a liderança e traz benefícios importantes para que atuem no mercado de trabalho.

Favorece a autonomia

A educação tradicional é fortemente baseada em compreender e reproduzir, enquanto as propostas inovadoras incentivam o protagonismo do estudante, o que favorece a autonomia. Uma aprendizagem autônoma pode ser mais efetiva, pois o aluno deixa de lado a posição passiva e assume um papel ativo no próprio desenvolvimento.

Portanto, a educação inovadora traz importantes benefícios aos estudantes e ajuda na construção do seu futuro. Para isso, é fundamental que a instituição conte com projetos consistentes e bem elaborados, que favoreçam o desenvolvimento integral. Esse é o caso do Colégio Franco-Brasileiro, que mantém projetos e eventos que promovem a inovação na educação.

Quer saber mais sobre nossos diferenciais no ensino? Entre em contato com o Colégio Franco-Brasileiro e tire todas as suas dúvidas.

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.